segunda-feira, 17 de outubro de 2011

HISTÓRIAS COM ROBÔS... ALGUÉM JÁ FEZ?!

Aproveitando o gancho dado pela matéria anterior, eu gostaria de saber se algum desenhista de doujinshi (fanzine) nesse Brasil já fez algum a respeito?



Até me lembro do Erto Azuma (AnimeCon 2003/FanzineCon 2003), num debate promovido pelo integrantes do AnimeCon, no terceiro dia desse evento, um sábado; ele contava que ele mesmo se interessava, mas que também nunca havia produzdo um.


Na verdade ele fez algo parecido, porém em estilo "Gundam" como base!



Nota bene: pra quem não conhece acercas da história do doujinshi no Brasil, o Erto é um dos responssáveis pelo belo trabalho em "Ethora" que paralisou por tempo indeterminado.





Eu já pensei nisso, mas como sempre, acho que devo caprichar ao quadrado e bolar um roteiro complicado e inteligente, rsss.... dai já viu: NÃO SAI NADA! (RISOS)

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Robôs e Humanos não dão certo?!

Segundo a matéria é afirmado: "Será que os autores de novela não perceberam que os telespectadores não gostam de tramas envolvendo robôs e humanos?"



Isso só acontece para brazucas acostumados a suas vidinhas infames derfronte a TV ligada na Globo.

Matéria completa aqui: Flávia Alessandra aparece como humana em novela e Ibope volta a subir

Sei que a matéria não tem nada haver com aproposta do Blog que é tratar de doujinshi e artistas relacionados a eles (ainda mais depois de tê-lo abandonado); mas é pertinente, pois o crítico não conhece "otakus" nem a cultura nipônica que está sempre de braços dados á robótica. Esse "ser" nunca leu nem assistiu Chobits do grupo CLAMP. Também pudera, preso a enlatados dos EUA e a roteiros repetitivos e sem sal das novelas da Globo.



Ainda bem que a internet nos liberta dessa besta televisiva!


Mas nós que temos uma visão mais ampla do mundo adoramos a versatilidade do roteiro e a singeleza da Chii ou Elda para otakus mais esclarecidos.



Além de que a Naomi ( o tal robô que Flávia interpreta, e interpreta mal), uma robô igual a uma lata vazia, nos moldes de comportamento catatônico não agradaria nem quem ama robôs, ainda mais pessoas do século XXI acostumados a robôs inteligentes e muito bem apresentados.



E como diria Pilatos: "Quod scripsi, scripsi"!



PS: Mas já que o assunto é atuação canastrona (RISOS) esse vídeo aqui é melhor (e deixa Naomi no chinelo; perdoem a maldade, rsss...) : Maid Robot #4


Tirando a poeira.


Eu estive sumido.

Mudança de endero, estudos e trabalho me afastaram daqui, mas a gente que curte o assunto sempre volta!

Obrigado por voltar aqui e acompanhar o meu blog.