segunda-feira, 17 de outubro de 2011

HISTÓRIAS COM ROBÔS... ALGUÉM JÁ FEZ?!

Aproveitando o gancho dado pela matéria anterior, eu gostaria de saber se algum desenhista de doujinshi (fanzine) nesse Brasil já fez algum a respeito?



Até me lembro do Erto Azuma (AnimeCon 2003/FanzineCon 2003), num debate promovido pelo integrantes do AnimeCon, no terceiro dia desse evento, um sábado; ele contava que ele mesmo se interessava, mas que também nunca havia produzdo um.


Na verdade ele fez algo parecido, porém em estilo "Gundam" como base!



Nota bene: pra quem não conhece acercas da história do doujinshi no Brasil, o Erto é um dos responssáveis pelo belo trabalho em "Ethora" que paralisou por tempo indeterminado.





Eu já pensei nisso, mas como sempre, acho que devo caprichar ao quadrado e bolar um roteiro complicado e inteligente, rsss.... dai já viu: NÃO SAI NADA! (RISOS)

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Robôs e Humanos não dão certo?!

Segundo a matéria é afirmado: "Será que os autores de novela não perceberam que os telespectadores não gostam de tramas envolvendo robôs e humanos?"



Isso só acontece para brazucas acostumados a suas vidinhas infames derfronte a TV ligada na Globo.

Matéria completa aqui: Flávia Alessandra aparece como humana em novela e Ibope volta a subir

Sei que a matéria não tem nada haver com aproposta do Blog que é tratar de doujinshi e artistas relacionados a eles (ainda mais depois de tê-lo abandonado); mas é pertinente, pois o crítico não conhece "otakus" nem a cultura nipônica que está sempre de braços dados á robótica. Esse "ser" nunca leu nem assistiu Chobits do grupo CLAMP. Também pudera, preso a enlatados dos EUA e a roteiros repetitivos e sem sal das novelas da Globo.



Ainda bem que a internet nos liberta dessa besta televisiva!


Mas nós que temos uma visão mais ampla do mundo adoramos a versatilidade do roteiro e a singeleza da Chii ou Elda para otakus mais esclarecidos.



Além de que a Naomi ( o tal robô que Flávia interpreta, e interpreta mal), uma robô igual a uma lata vazia, nos moldes de comportamento catatônico não agradaria nem quem ama robôs, ainda mais pessoas do século XXI acostumados a robôs inteligentes e muito bem apresentados.



E como diria Pilatos: "Quod scripsi, scripsi"!



PS: Mas já que o assunto é atuação canastrona (RISOS) esse vídeo aqui é melhor (e deixa Naomi no chinelo; perdoem a maldade, rsss...) : Maid Robot #4


Tirando a poeira.


Eu estive sumido.

Mudança de endero, estudos e trabalho me afastaram daqui, mas a gente que curte o assunto sempre volta!

Obrigado por voltar aqui e acompanhar o meu blog.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

PETER ROGER HQ no HQCon em Florianópolis


No próximo sábado, dia 14 de agosto, será realizado o primeiro HQCon, no Floripa Music Hall (Rua Henrique Valgas, 40, Florianópolis/SC), das 10h às 19h. O evento contará com diversas palestras sobre quadrinhos e animação. E PETER ROGER HQ estará lá como visitante! =^_^=

Confira abaixo a programação completa do evento::


O Brasil no caminho das Animações – 10h até 11h 30min


Palestrantes:


AnimaKing – é hoje o maior estúdio de animação na área de stop-motion no Brasil, seu filme Minhocas é pioneiro no país ao utilizar a técnica stop-motion em longa-metragem.


Cafundó Estúdio Criativo – é um estúdio de design digital focado em motion graphics, animação, ilustração e soluções para novas mídias, estão participando do Anima Mundi 2010 na categoria portfolio com o filme “Jardim das Delícias”.


Quadrinhos autorais – 11h40 até 12h40.


Palestrantes:


Pedro Franz – quadrinista e designer gráfico autor da HQ “Promessas de amor a desconhecidos enquanto espero o fim do mundo”.


Cadu Simões – historiador e estudante de grego antigo, vencedor do HQMix como roteirista revelação e membro-fundador do coletivo de quadrinistas independentes Quarto Mundo.


Daniel Esteves – historiador e roteirista, vencedor dos prêmios HQMix e Angelo Agostini e professor de quadrinhos, diretor da escola HQ em Foco e membro do conselho do coletivo.


Felipe Meyer (Joinville) – publicitário, redator e roteirista de quadrinhos, editor do Jornal de Debates e indicado ao troféu HQMix pela revista independente Contos da madrugada.


Influências da história em quadrinhos na educação – 12h 50min até 13h 40min.


Palestrantes:


Clóvis Geyer – ex-chargista do Diário Catarinense, quadrinhista e professor do curso de Design da UFSC.


Erico Assis – colaborador do site Omelete e tradutor de HQ.


Diego Moreau – mestre em Ciência da Linguagem (História em Quadrinhos) e professor universitário na Estácio de Sá Santa Catarina.


Intervalo – 13h40 até 14h10


Show e Apresentações


HQ é Multimídia – 14h10 até 15h10.


Palestrantes:


Eddy Barrows – desenhista exclusivo da DC Comics (editora estadunidense de histórias em quadrinhos e mídia relacionada) desenhou Novos Titãs, Lanterna Verde e é o atual desenhista do Superman.


Erico Assis – colaborador do site Omelete e tradutor de HQ.


Gabriel Rocha – jornalista e fã de HQs desde antes de saber ler, autor do site Quadriteca.


Ricardo Jahn – publicitário, louco por HQ e colaborador de conteúdo do site Hagah.


Desfile Cosplay – 15h10 até as 16h


Concurso Cosplay + Show


HQ e Música – 16h até 17h


Palestrantes:


Mario Luiz C. Barroso – atual tradutor da linha de super-heróis da Panini Comics, jornalista, ex- editor da linha de super-heróis da editora Abril.


Rafael Soares Duarte – professor de Literatura formado em Letras pela FURG-RS é mestrando em Teoria da Literatura na UFSC, com pesquisa sobre Watchmen.


Daniel Soares Duarte – professor de Literatura formado em Letras pela FURG-RS é mestre em História da Literatura e doutorando em Teoria Literária.


Jam Session – 17h às 17h30min


Mario Luiz C. Barroso + Rafael Soares Duarte + Daniel Soares Duarte


De Maurício a Clark – Artistas Made in Brazil – 17h 30 min até 19h


Palestrantes:


Ricardo Manhães – desenhista, que atua no mercado europeu e um dos autores do álbum MSP + 50, segundo volume da homenagem ao cinquentenário de carreira do criador da Turma da Mônica.


Eddy Barrows – desenhista exclusivo da DC Comics (editora estadunidense de histórias em quadrinhos e mídia relacionada) desenhou Novos Titãs, Lanterna Verde e é o atual desenhista do Superman.


Erico Assis – colaborador do site Omelete e tradutor de HQ.


Mario Luiz C. Barroso – atual tradutor da linha de super-heróis da Panini Comics, jornalista, ex- editor da linha de super-heróis da editora Abril.


Apoio: Faculdade Estácio de Sá / Floripa Music Hall


Entrada: R$ 15,00 (sem fantasia) / R$ 10,00 (Cosplay) / R$ 12,00 Clube do Assinante

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Novos Doujins!


Olha que legal!

Graças a ajuda do Mário C.S. eu recebi meus novos doujinshi via correio! São eles: "Vidas Imperfeitas" 1, 2 e 3; "Insistência" nº1 (Yatta!Nós temos Insistência!); "Quadrinize" nº00 (sim, eu já ouvi falar dele na comunidade "Mangaká" no Orkut); e, de quebra um de bônus por 'bom comportamento' meu na parceria no Insistência: "Cartilha da Segurança da Informação" do próprio Mário C.S.
Olha... ler doujin na internet e até em PDF eu gosto e não vejo isso como um bicho de sete cabeças! Só que... Pegar o doujinshi em suas mãos e folheá-lo página a página (como é o caso de Vidas Imperfeitas) é outra coisa. O prazer é maior! (Perdão pelo trocadilho obsceno Mary Cagnin) XD

Logo comentarei acerca deles! *_*

Dominus tecum!