quarta-feira, 22 de julho de 2009

PESQUISAR OU NÃO PESQUISAR: EIS A QUESTÃO

Recentemente andei promovendo discussões acerca dessa particularidade numa comunidade de pretensos (assim como eu) a mangakás; contudo, ainda sou doujinshiká, pois não tenho nenhum trabalho publicado, apenas meus doujins. Duas sagas finalizadas e uma edição única (popular one-shot) em andamento.

Dei uma fraquejada, como se lê em
Impotência da Ação, por causa de uma paixão que me deixou em parafusos. =oP

Desenhista de Histórias em Quadrinhos (HQ) no Brasil é preguiçoso. Se possui uma idéia na cabeça não parte a pesquisar, testar, buscar novos ângulos e até ensinar como vemos em mangá. Afinal, o objetivo do mangá era ensinar no pós guerra.
Deve-se pesquisar sim. O caminho do mais fácil deve ser abandonado. Porque sempre será descoberto o ótimo em meio aos ruins, como tratei no gibi abaixo. Quem trabalha de fato e expõe idéias boas se destaca e não há quem o pare ou o cubra, será como o sol, um dia nublado o esconde, mas uma hora ele aparecerá esplendoroso.

Podemos ensinar algo sim, passar uma mensagem sim; quantas vezes nós aprendemos num mangá, num anime, numa HQ qualquer, e guardamos para nós. Ficamos satisfeitos por ter lido, meditamos. Onde quero chegar? Nós, pretensos HQuistas podemos fazer isso também, mas antes de tudo, temos de fazer o dever de casa: pesquisar, preparar-se e depois detonar com qualidade e vontade!

Vamos estudar, fazer pesquisa!

Não durmamos entregues à preguiça.
Dominus tecum.

Um comentário:

  1. indiquei seu blog para o One Lovely Blog Award
    http://nankinn.blogspot.com/

    ResponderExcluir