quarta-feira, 19 de agosto de 2009

SEM NOME


Ainda não há nome definido para o meu novo projeto de doujinshi o qual andei experimentando com o teatreiro Eduardo Baumann em setembro do ano passado.


O legal foi a reação dele no café (minhas manias européias de criar numa conversa ao café XD) ao saber que fora convidado para esse fim: “Mas eu nunca fiz quadrinhos, só teatro!”

Uma folha em branco A4 serviu de registro onde eu e ele entramos numa brincadeira de vivenciar a conversa entre dois homens adultos que discutem a nova posição da mulher no quesito relação a dois.


Depois foram alguns meses tentando arrumar uma câmera digital emprestada para fotografar o Wiggers (a cena se passa lá) pois é um local tradicional onde universitários bebem, comem e se encontram pra conversar. Sem dúvida isso muda com a construção do mega-shopping que está sendo erguido ali próximo.

Nas imagens estou mostrando algumas idéias de cenário em relação as fotos batidas. E como se vê a imagem vai estar permeada de branco pra trazer ao leitor a idéia de sol escaldante do verão úmido de Joinville. A linha das personagens deve ficar entre o shonen e o shoujo, uma mistura e o traje uma coisa mais estilizada que encontramos em roupas de moda, esses tipos de roupa que só vemos lá, inviável no dia-a-dia. Uma crítica também a situação perdida do homem em relação ao amor, porque as mulheres mudaram e ainda não sabem o que querem do novo homem; aliás, elas nunca souberam.


Eu gostaria que esse doujin ficasse pronto para o Animecon 2009... O problema é conseguir isso, pois já andei desistindo de vários desenhos, ando extremamente crítico! -_-‘

Dominus Tecum!


Nenhum comentário:

Postar um comentário